Imprimir o programa

Select your region or print the program.

Baixe o programa como um PDF

  • Centro
18 resultados
Centro, Castelo Branco, Covilhã

Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior

Rua Marquês d'Ávila e Bolama
6200-001 Covilhã

http://www.museu.ubi.pt

Com a orientação científica do Professor Jorge Custódio, investigador da arqueologia e do património industrial em Portugal e, em particular, da Covilhã, será proporcionada uma visita guiada, aberta à comunidade, no dia 19 de junho, pelas 14h30, a quatro lugares da Covilhã, apelidada de “Cidade Fábrica“, detentores de património arqueológico alvo de ações de preservação e de salvaguarda: a Tinturaria setecentista pombalina (séc. XVIII) na Real Fábrica de Panos, classificada em 1982 como Imóvel de Interesse Público; as estruturas arqueológicas e a caldeira a vapor De Naeyer & Cie., na Real Fábrica Veiga; a caldeira a vapor Babcock & Wilcox da Tinturaria Alçada, na Tinturaria – Galeria de Exposições; e as estruturas arqueológicas da Fábrica António Estrela, na New Hand Lab.

Centro, Castelo Branco, Covilhã

Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior

Rua Marquês d'Ávila e Bolama
6200-001 Covilhã

http://www.museu.ubi.pt

Entrada livre e gratuita no Museu de Lanifícios e nos seus núcleos museológicos: Real Fábrica de Panos e Real Fábrica Veiga.

Os visitantes iniciam o percurso cultural “Da Manufactura à Industrialização dos Lanifícios“ na Real Fábrica de Panos e terminam na Real Fábrica Veiga, ficando a conhecer um território que, durante gerações e desde a Idade Média, viveu em torno do trabalho e da transformação da lã em tecido.

Visitam-se as tinturarias setecentistas e aborda-se a produção manufactureira de tecidos de lã até à evolução tecnológica, económica e social ocorrida nos lanifícios nos séculos 19-20, representada por uma importante coleção de máquinas, equipamentos, documentos e matérias-primas.

Centro, Castelo Branco, Fundão

Museu Arqueológico Municipal do Fundão

Rua do Serrão, 13-15
6230-418 Fundão

A Câmara Municipal do Fundão, através do Museu Arqueológico Municipal José Monteiro, associa-se às Jornadas Europeias de Arqueologia.
No dia 18 de junho, as celebrações terão inicio pelas 10 horas com a realização da Oficina de Arqueologia Experimental sob o tema “O quotidiano na Pré-história”, atividade dedicada ao público mais jovem, que terá lugar na Rua da Cale, uma das artérias mais emblemáticas da cidade do Fundão.
A Sala de Exposições Temporárias do Museu volta a abrir ao público com a exposição fotográfica “Igaeditanos“, da autoria do fotógrafo italiano Danilo Pavone.
Durante os 3 dias das Jornadas, as visitas ao Museu serão gratuitas, com a possibilidade de visita guiada ao longo do dia 18 de junho.

Dia aberto

Entradas gratuitas no Museu

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:30 et de 14:00 à 17:30Domingo, 20 de junho de 14:00 à 18:00 Sábado, 19 de junho de 14:00 à 18:00

Todos os públicos

Oficina

O quotidiano na Pré-história
Oficina de arqueologia experimental que dá a conhecer o modo de vida dos nossos antepassados pré-históricos, através dos artefactos produzidos. A actividade será realizada na Rua da Cale, uma das mais emblemáticas da cidade do Fundão.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:30 et de 00:00 à 00:00

Crianças

Estudantes

Primária

Centro, Castelo Branco, Covilhã

Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior

Rua Marquês d'Ávila e Bolama
6200-001 Covilhã

http://www.museu.ubi.pt/

Visitas orientadas por um guia às duas exposições permanentes do Museu de Lanifícios, as Reais Fábricas de Panos e Veiga, instaladas em dois edifícios patrimoniais dos séculos 18 e 19.

Ao longo do percurso identificar-se um território, o da serra da Estrela e, em particular, da cidade da Covilhã, que, desde a Idade Média, esteve sempre associado à lã e aos lanifícios, em regime doméstico, na manufactura e na fábrica.

As visitas guiadas decorrem nos três dias, às 11h e às 15h, com o número limite de 15 participantes, por ordem de chegada ou por reserva prévia para o e-mail muslan@ubi.pt.

Centro, Coimbra, Figueira de Castelo Rodrigo

Antiga escola primária do Bizarril

Bizarril
Figueira de Castelo Rodrigo

http://ribacvdana.wix.com/ribacvdana

Jornadas europeias da arqueologia 2021

FAZER COM TOD@S-POR UMA ARQUEOLOGIA SOCIALMENTE COMPROMETIDA

19 de junho,
Bizarril, Figueira de Castelo Rodrigo

15h00- Antiga Escola Primária do Bizarril
Apresentação da colecção “Cadernos do Património“ edição RIBACVDANA por José Paulo Francisco.

15h15- Apresentação do “Caderno N.º 1 Bizarril/Monforte“ por Filomena Barata.

15h30- Palestra a ser proferida por Alexandra Vieira: “Cruzando a arqueologia com a tradição oral em Figueira de Castelo Rodrigo“.

16H00- Visita guiada às ruínas do Castelo de Monforte por Tiago Ramos.

17H00- Visita guiada à Capela de Nossa Senhora de Monforte por Carlos Caetano.

18h00- Merenda comunitária no adro da Capela de Nossa Senhora de Monforte.

A seguir à merenda “Cantigas de Amor e Saudade“ por Carlos Pedro.

Projeção

Apresentação da colecção “Cadernos do Património“ edição da RIBACVDANA
Apresentação da colecção “Cadernos do Património“ edição da RIBACVDANA por José Paulo Francisco.

N.º 1 Bizarril_Monforte, apresentação por Filomena Barata.

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 15:00 à 15:30

Todos os públicos

Conferência

“Cruzando a arqueologia com a tradição oral em Figueira de Castelo Rodrigo“
Palestra a ser proferida por Alexandra Vieira.

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 15:30 à 16:30

Todos os públicos

Visita guiada

Visata guiada às ruínas do Castelo de Monforte por Tiago Ramos

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 16:30 à 17:30

Todos os públicos

Visita guiada

Visata guiada à Capela da Nossa Senhora de Monforte por Carlos Caetano

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 17:30 à 18:30

Todos os públicos

Degustação

Merenda partilhada no adro da capela da Nossa Senhora do Monforte

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 18:30 à 20:00

Todos os públicos

Espetáculo

“Cantigas de Amor e Saudade“ por Carlos Pedro

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 19:30 à 23:00

Todos os públicos

Centro, Coimbra, Condeixa-a-Nova

Museu Monográfico de Conímbriga - Museu Nacional

Museu Monográfico de Conímbriga
Rua das Ruínas, 7
3150-220 Condeixa-a-Nova

http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/museus-e-monumentos/rede-portuguesa/m/museu-monografico-de-c

O Diretor-Geral da DGPC e o Diretor do MMC-MN têm o gosto de convidar para as atividades a desenvolver no âmbito das Jornadas Europeias de Arqueologia.

Em Conímbriga celebram-se 122 anos de investigação arqueológica com o início de sondagens arqueológicas na fachada Norte da Casa dos Repuxos e com programação diversificada, onde se incluem exposição de fotografia, comunicações, espetáculos de magia e peças de teatro.

Dia aberto

Conímbriga, 122 Anos de Investigação
16:00
Conímbriga - 122 anos de Investigação.
Auditório do MNC

Intervenções:
Sr. Diretor-Geral da DGPC - Bernardo Alabaça
Sr. Presidente da CM de Condeixa-a-Nova - Nuno Moita da Costa
Sr. Vice-Reitor da Universidade de Coimbra - Alfredo Dias
Sr. Diretor do MMC - MN - Vítor Dias

16:15
Conímbriga, 122 anos de Investigação do MMC-MN – Vítor Dias

16:30
Apresentação do Projeto de Investigação Plurianual de Arqueologia (PIPA):
Conímbriga MMXX: avaliação do potencial científico e patrimonial do Vale Norte de Conimbriga. Sondagens arqueológicas na fachada Norte da Casa dos Repuxos – Ricardo Costeira da Silva

17:00
Visita Guiada à exposição do MMC-MN - Virgílio Hipólito Correia

17:30
Visita ao local das sondagens arqueológicas
Porto Tónico d’Honra na Casa dos Repuxos
Période(s) archéologique(s) :

Antiguidade

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 16:00 à 18:00

Todos os públicos

Exposição

Palmira, a Rainha do Deserto
O Diretor-Geral do Património Cultural, o Diretor do Museu Monográfico de Conímbriga - Museu Nacional e o fotógrafo Luís Reina, têm o gosto de convidar V. Exa. para a inauguração da exposição de fotografia “Palmira, a Rainha do Deserto”, dia 19 de junho de 2021, às 16 horas, no peristilo do MMC-MN.

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 16:00 à 18:00 (De 19 de Junho a 27 de Novembro)

Todos os públicos

Espetáculo

Antígona de Sófocles
Após o confronto dos dois filhos de Édipo, Etéocles e Polinices, que morreram às mãos um do outro numa luta pelo trono de Tebas, Creonte sobe ao poder. O seu primeiro édito diz respeito aos rituais fúnebres dos dois labdácidas. Foi promulgado que Etéocles receberia todos os rituais devidos aos mortos e aos deuses. Quanto a Polinices, foi declarado que o seu corpo ficaria sem sepulcro, entregue às aves de rapina. Antígona revela-se contra a vontade do novo soberano e é condenada a à morte.

Esta tragédia reflete o conflito entre as leis divinas, encarnadas em Antígona e as leis humanas, determinadas pelo árbitro de Creonte

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 17:00 à 18:00

Todos os públicos

Oficina

Escavações na Casa dos Repuxos
18 de Junho:
Apresentação do Projeto de Investigação Plurianual de Arqueologia (PIPA) com o Professor Doutor Ricardo Jorge Costeira da Silva do Instituto de Arqueologia da FLUC - UC.

21 de Junho:
Sondagens arqueológicas na fachada Norte da Casa dos Repuxos, coordenadas pelo Professor Doutor Ricardo Jorge Costeira da Silva do Instituto de Arqueologia da FLUC - UC.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 16:30 à 18:00 à 00:00 (Continuação dia 21 de Junho às 9h00)

Todos os públicos, Estudantes

Centro, Coimbra, Fornos de Algodres

Município de Fornos de Algodres

Estrada Nacional 16
Apartado 15
6370-999 Fornos de Algodres

https://pt-pt.facebook.com/clds4gservirfornos/

Jornadas Europeias de Arqueologia em Fornos de Algodres

Visita guiada

Dá mais tempo à vida... Pelos vestígios Históricos
Caminhada lúdica pela aldeia de Algodres com a inauguração do percurso pedestre Rota dos Miradouros com paragem em todos os monumentos históricos desta aldeia.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 08:30 à 12:00

Todos os públicos

Conferência

Ciclo de Conferências: A Importância da Arqueologia para o Turismo
Ciclo de Conferencias dedicado ao turismo e ao património arqueológico e sobre o que ambos podem beneficiar um com o outro.

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 09:00 à 13:00

Adultos

Oficina

Concurso de Fotografia: Património Arqueológico de Fornos de Algodres
Concurso de Fotografia inserido na temática o Património Arqueológico de Fornos de Algodres

Acesso grátis

Todos os públicos

Oficina

Concurso de Desenho: Património Arqueológico de Fornos de Algodres
Concurso de Desenho inserido na temática o Património Arqueológico de Fornos de Algodres para os alunos do agrupamento de escolas de Fornos de Algodres

Acesso grátis

Crianças, Estudantes

Estudantes

Primária, 2.º e 3.º ciclo, Secundário

Recepção de grupo de alunos

“O que é a Arqueologia?“
Palestra e atividades lúdicas no âmbito da arqueologia e visualização de um bloco de curtas metragens do CINE ECO Seia para o 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 09:30 à 11:45 et de 14:15 à 16:30

Crianças, Estudantes

Estudantes

Primária

Centro, Coimbra, Aveiro

Museu da Cidade de Aveiro

Rua João Mendonça, 9-11
3800-200 Aveiro

http://www.cm-aveiro.pt

Sob os nossos pés ou oculto nas paredes dos edifícios da cidade, escondem-se registos das ocupações que nos precederam e que provam a ancestralidade da presença humana em Aveiro.

Uma viagem no tempo através dos vestígios materiais que a Arqueologia tem trazido à luz do dia, contribuindo para melhor conhecer as dinâmicas deste lugar, que se foi desenvolvendo em redor da Ria e fazendo uso dos recursos do território.

Exposição

Escrito sob o solo
A exposição propõe um percurso expositivo que apresenta alguns dos principais pontos de interesse arqueológico no concelho, identificados até ao momento, numa linha condutora que acompanha a evolução da ocupação humana no território que, atualmente, corresponde ao Município de Aveiro. Na área geográfica abrangida pela exposição, os vestígios mais antigos identificados remontam ao Paleolítico Superior, seguindo-se referências, por ordem cronológica, ao período Romano e, em linha evolutiva, chegando ao núcleo urbano, cujos trabalhos arqueológicos divulgados permitem vislumbrar a ocupação no período Moderno (séculos XV e XVI).

Com a entrada em vigor da revisão do Plano Diretor Municipal, em Dezembro de 2019, o número de intervenções arqueológicas tem vindo a aumentar e os princípios de estudo e salvaguarda do património arqueológico desenvolvem-se sistematicamente no núcleo urbano e nas freguesias, conforme mapa de sensibilidade arqueológica. Estes trabalhos em curso virão, sem dúvida, permitir a leitura de mais capítulos do passado.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 12:30 et de 13:30 à 18:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 12:30 et de 13:30 à 18:00Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:30 et de 13:30 à 18:00

Todos os públicos

Centro, Coimbra, Vila Nova de Paiva

MUSEU ARQUEOLÓGICO DO ALTO PAIVA

Museu Arqueológico do Alto Paiva
Praça D. Afonso Henriques, n.º 1
3650-207 Vila Nova de Paiva
Portugal

http://cm-vnpaiva.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=1640:museu-arqueologico-do-alto-pa

O Museu Arqueológico do Alto Paiva é um espaço onde se conta a história do território abrangido pela bacia do Rio Paiva, desde as suas mais longínquas origens até à Época Moderna.
Neste espaço museológico as peças contam histórias, adquirem sentido quando entendidas na sua dimensão antropológica. Respondem-se a perguntas simples, mas cruciais: quando foram feitas? Quem as fez? Para que as fizeram?
Este museu tem uma preocupação especial com os aspetos pedagógicos, recorrendo a um conjunto de suportes que ajudam na interpretação da informação, como por exemplo a ilustração, reconstituições de monumentos ou réplicas de peças arqueológicas.
Os ambientes são intimistas, convidando os diversos públicos a percorrer milhares de anos de história.

Exposição

Visitas Livres ao MAAP_Museu Arqueológico do Alto Paiva
As visitas livres pretendem dar a conhecer o espólio encontrado nas escavações feitas no Concelho e na região, assim como, os monumentos onde o material foi encontrado.
As visitas são livres, pelo que, se o visitante quiser mais informação pode solicitar aos colaboradores da instituição.
Não há custos associados.
O Museu tem horário específico

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 14:00 à 17:00 (no dia 18 está aberto das 10h às 17h)Sábado, 19 de junho de 14:00 à 17:00 (no dia 18 está aberto das 10h às 17h)Sexta-feira, 18 de junho de 14:00 à 17:00 (no dia 18 está aberto das 10h às 17h)

Todos os públicos

Centro, Coimbra, Coimbra

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Rua das Parreiras
3040-266 Coimbra

https://www.culturacentro.gov.pt/mosteiro-santa-clara-a-velha/

Mosteiro gótico, feminino (clarissas), séc XIV, fundado pela Rainha D. Isabel de Aragão.

Visita guiada

D. Maria de Menezes
Uma visita à biografia, ao modo de vida e ao esqueleto de uma das habitantes do Mosteiro.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 12:00 à 12:30 (Inscrição obrigatória através do email: mosteiroscvelha@drcc.gov.pt)Domingo, 20 de junho de 11:00 à 11:30 et de 15:00 à 15:30 (Inscrição obrigatória através do email: mosteiroscvelha@drcc.gov.pt)Sábado, 19 de junho de 11:00 à 11:30 et de 15:00 à 15:30 (Inscrição obrigatória através do email: mosteiroscvelha@drcc.gov.pt)

Todos os públicos

Espetáculo

Fim de semana no Paço Real
Recriação histórica do quotidiano no Paço Real.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 17:00 Sábado, 19 de junho de 10:00 à 17:00

Todos os públicos

Conferência

Arqueologia Virtual - Conversa Online
Com Pablo Aparicio Resco.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 18:00 à 19:00

Adultos

Oficina

Oficina de Desenho Arqueológico
José Luís Madeira, Professor da Faculdade Letras da UC.

Obrigatória a inscrição através do email: mosteiroscvelha@drcc.gov.pt

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:00

Adultos

Centro, Coimbra, Oliveira do hospital

Centro Interpretativo Bobadela Romana

1 rua João Borges de Brito 3405-017 Bobadela OHP

https://www.cm-oliveiradohospital.pt

Complexo de ruínas romanas classificado como Património Nacional desde 15 de abril de 1936. Destaque para o arco, entrada do Fórum, para o anfiteatro e para o Centro Interpretativo Bobadela Romana onde a história da “Splendidíssima Civitas“ é dada a conhecer ao visitante. Em anexo fica o Museu Municipal Dr. António Simões Saraiva, mais de cariz etnográfico.

Circuito de descoberta

Prospeção Arqueológica de Superfície
Prospeção Arqueológica de Superfície na periferia da Cidade Romana de Bobadela, a Splendidissima Civitas. Análise, classificação e interpretação dos materiais encontrados.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 17:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 17:00

Todos os públicos

Oficina

Arqueologia Inclusa (puzzle didático)
Construção de tégulas e ímbrices em argila tendo por modelos fragmentos encontrados em prospeções e escavações arqueológicas.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 13:00 à 17:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 13:00 à 17:00

Todos os públicos

Visita guiada

Visitas guiadas ao complexo das Ruínas Romanas da Bobadela
Visitas guiadas às ruínas romanas, com destaque para a zona do Fórum e do Anfiteatro. Visita ao Centro Interpretativo Bobadela Romana com visualização de um documentário. Visita ao Museu Municipal Dr. António Simões saraiva.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 17:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 17:00Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 17:00

Crianças, Famílias, Adultos, Estudantes

Centro, Coimbra, Nelas

As Comunidades Pastorícias da Pré-História

Nelas

https://youtu.be/5sdbYtyVj_8

O Prof. Dr. Senna Martinez , Professor Associado (Aposentado) / Investigador Integrado da Uniarq, da da Universidade de Lisboa, a convite do Serviço de Património Cultural do Município de Nelas, elaborou uma apresentação vídeo sobre o tema, reforçando assim o seu vasto estudo cientifico realizado na região da beira Alta e em particular no Município de Nelas que tanto nos orgulha. Sendo este ano impossível devido à pandemia, a realização da campanha arqueológica em curso coordenada pelo ilustre investigador, é acima de tudo uma homenagem ao seu trabalho.

Contenido digital

As Comunidades Pastorícias da Pré-História

Acesso grátis

Todos os públicos

Estudantes

2.º e 3.º ciclo, Secundário

Contenido digital

Apresentação vídeo sobre “As Comunidades Pastorícias da Pré-História “
O Prof. Dr. Senna Martinez , Professor Associado (Aposentado) / Investigador Integrado da Uniarq, da da Universidade de Lisboa, a convite do Serviço de Património Cultural do Município de Nelas, elaborou uma apresentação vídeo sobre o tema, reforçando assim o seu vasto estudo cientifico realizado na região da beira Alta e em particular no Município de Nelas que tanto nos orgulha.

Acesso grátis

Todos os públicos

Estudantes

2.º e 3.º ciclo, Secundário

Centro, Leiria, Ansião

Complexo Monumental de Santiago da Guarda

Rua Conde de Castelo Melhor
3240-690 Santiago da Guarda

https://www.cm-ansiao.pt/PT/visitantes/1/patrimonio-e-cultura/27

Monumento Nacional desde 1978 e único exemplar de arquitetura manuelina do concelho.

Reúne no mesmo espaço uma torre quatrocentista com base medieval, reconstruída sobre as ruínas de uma Villa Romana dos séculos IV e V e um paço manuelino, edificado por Simão de Sousa Ribeiro durante a primeira metade do século XVI.

Circuito de descoberta

Caça ao Tesouro no Monumento
A atividade irá proporcionar aos visitantes uma viagem pela história do Complexo Monumental, seguindo as pistas, deixadas ao longo do percurso de visita e através das quais será possível alcançar o desejado tesouro.

Divertida e dinâmica, a iniciativa pretende estimular a aprendizagem de forma lúdica, ao mesmo tempo que se descobrem os tesouros existentes no monumento.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 15:00 à 16:00

Crianças, Famílias

Oficina

Workshop – Mosaico Romano
O workshop Mosaico Romano visa promover e valorizar o mosaico romano, mostrando o seu valor estético e cultural na Villa Romana de Santiago da Guarda.

A atividade é dirigida às famílias e os participantes terão à sua disposição os meios e materiais necessários para a criação do seu próprio mosaico.

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 11:00 à 11:40 et de 15:00 à 15:40

Crianças, Famílias

Visita guiada

Visitas Guiadas à Oficina de Arqueologia
A visita será conduzida pelo Arqueólogo Rodrigo Pereira, que falará sobre a descoberta da Villa Romana de Santiago da Guarda e do processo de conservação e restauro das casas (Villa Romana, Torre Medieval e Paço Manuelino).

Serão exibidas algumas peças encontradas nas escavações da Villa e do Paço Manuelino.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:00 et de 14:00 à 17:00

Todos os públicos

Visita guiada

Visitas Gratuitas ao Complexo Monumental de Santiago da Guarda
Entradas gratuitas no Complexo Monumental de Santiago da Guarda (Villa Romana, Torre Medieval e Paço Manuelino).

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 18:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 18:00Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 13:00 et de 14:00 à 18:00

Todos os públicos

Acessibilidade

Dificuldade motora/utilizador de cadeira de rodas

Centro, Leiria, Cadaval, Portugal

Real Fábrica do gelo

Quinta da Serra, Montejunto
2550-367 Lamas CDV, Portugal

https://www.artsteps.com/view/60b61a49476d0d369edd7bbd?fbclid=IwAR0xFDZUyBfy6GJHsoDZPMrmj5Pfof-WMUbb

Exposição Virtual 3D, em parceria com o Blogue Hucilluc.
Fotografia de Olívia Maria da Costa.
Curadoria de Verde e Prata. Costa Gallery.

A História do Gelo contada pela fotografia.
“Grande marco da arqueologia industrial, é a única do seu género em Portugal e Europa, sendo um símbolo da tecnologia medieval.“

Centro, Leiria, Porto de Mós

Castelo de Porto de Mós

Castelo de Porto de Mós
2480-001 Porto de Mós

https://www.municipio-portodemos.pt/

Ao longo dos séculos, o Castelo de Porto de Mós acumulou influências militares, góticas e renascentistas. A importância da fortificação foi manifesta durante o período da conquista cristã. Obra arquitetónica de características singulares, está classificada como Monumento Nacional.

Oficina

Brincar no espaço da memória
No âmbito das Jornadas Europeias de Arqueologia, a decorrer nos dias 18, 19 e 20 de Junho, o castelo de Porto de Mós promoverá uma série de atividades lúdico-pedagógicas ao longo dos três dias do evento.

Convidamos aqueles que queiram participar nos nossos ateliês educativos, em torno de temáticas alusivas à arqueologia e também ao monumento e às suas figuras históricas, a visitar-nos. Para grupos, deverá ser feita marcação de horário para o e-mail do castelo.

O castelo disponibiliza visitas guiadas e outras atividades educativas de forma contínua, devendo as marcações serem feitas para castelo@municipio-portodemos.pt

Recordamos que deverão ser cumpridas as regras individuais e de grupo recomendadas pela DGS, no âmbito do combate à Covid 19.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00Sábado, 19 de junho de 10:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00

Crianças, Famílias

Estudantes

Pré-primária, Primária, 2.º e 3.º ciclo, Secundário

Acessibilidade

Dificuldade motora/utilizador de cadeira de rodas, Deficiência visual

Centro, Leiria, Alcobaça

Nom du musée, du site archéologique, du chantier de fouilles...

Mosteiro de Alcobaça, Praça 25 de abril, 2460-018 Alcobaça

http://mosteiroalcobaca.pt

Projeto de divulgação do acervo arqueológico do espólio Vieira Natividade.
No âmbito das comemorações Jornadas Europeias de Arqueologia 2021, damos continuidade à publicação de vídeos temáticos realizados no âmbito do projeto de divulgação do acervo arqueológico do espólio Vieira Natividade, numa parceria entre a DGPC/ Mosteiro de Alcobaça e o UNIARQ, Centro de Arqueologia da Universidade de Lisboa, unidade de investigação integrada na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
Para participar na atividade online, consulte a nossa pagina de Facebook através do link: https://www.facebook.com/mosteirodealcobaca.monumentonacional/

Oficina

Quizz

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 01:00 à 23:00 et de 01:00 à 23:00Sábado, 19 de junho de 01:00 à 23:00 et de 01:00 à 23:00Sexta-feira, 18 de junho de 01:00 à 23:00 et de 01:00 à 23:00

Todos os públicos

Centro, Santarém, Torres Novas

Sistema cársico do Almonda

Parque de estacionamento, junto à loja da Renova
Almonda - Torres Novas

https://www.facebook.com/events/924278485087241?acontext=%7B%22event_action_history%22%3A[%7B%22surf

Por dentro do sistema cársico do Almonda: arqueologia e espeleologia.

Visita à gruta do Almonda orientada pela equipa do projeto ARQEVO.

Duração: aproximadamente 5 horas
Idade mínima: 16 anos
Lotação: 15 pessoas
Recomendações: calçado e roupa desportiva, calças e camisola de manga comprida, não trazer sandálias. Trazer água e reforço alimentar. Atividade realizada de acordo com as normas pandémicas em vigor.

Inscrições na atividade pelo link https://forms.gle/qqsZ4GLx8Vt7CeM97

+Informações: museu.municipal@cm-torresnovas.pt

Centro, Santarém, Tomar

Instituto Politécnico de Tomar

Instituto Politécnico de Tomar
Estrada da Serra

www.ipt.pt

O Instituto Politécnico de Tomar assume ainda como sua missão: a expansão do acesso ao saber em benefício das pessoas e da sociedade, através da investigação, do ensino e da cooperação, num projeto de formação global do indivíduo; a participação ativa na construção de um espaço europeu de investigação e educação, e de um modelo de
desenvolvimento regional assente na criação, inovação e valorização do conhecimento científico e tecnológico.

Exposição

Uma Viagem ao Passado
Dia 18 de julho.

Esta iniciativa transporta o visitante para eras geológicas distantes de milhões de anos ao mesmo tempo que o vai trazendo para a relação do Homem com o Ambiente e a Natureza.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 12:00 et de 14:00 à 16:00

Todos os públicos

Acessibilidade

Dificuldade motora/utilizador de cadeira de rodas, Deficiência mental