Imprimir o programa

Select your region or print the program.

Baixe o programa como um PDF

  • Alentejo
11 resultados
Alentejo, Évora, Évora

CHAIA - CEntro de Historia de Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora

Palacio vimioso
Largo marques marialva 8
7000-809 Évora, Portugal

http://www.chaia.uevora.pt/pt

O CHAIA – Centro de História da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora é uma Unidade I&D tutelada pela FCT – Fundação Para a Ciência e Tecnologia cujo principal âmbito de intervenção é o estudo das várias formas de que se reveste o legado histórico-artístico, paisagístico e monumental, para a consolidação do conhecimento dos modos em que se situam as expressões artísticas e dirigindo-se igualmente ao estudos e investigação da prática das Artes, da criação artística e da intervenção no espaço.

Contenido digital

Artigo/Paper Discussion Forum
This work continues the investigation published and aims to demonstrate the phenomenon of artistic creativity in clay as a process of the conscious and subconscious. To this end we will analyze aspects of this Art from its manifestations in the Paleolithic to the present day. Why did the paleolithic man elaborate so many “Venus” female figures in stone, bone and clay? What is the secret of the Paleolithic Venus?

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 09:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00Sábado, 19 de junho de 09:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00Sexta-feira, 18 de junho de 09:00 à 12:30 et de 14:00 à 18:00

Todos os públicos, Estudantes

Publico académico

Alentejo, Évora, Mora

Museu Interactivo do Megalitismo de Mora

Rua da Estação
7490-225 Mora

Decorrerá uma iniciativa online onde se pretende explicar o significado das “covinhas nos chapéus das antas.“

Alentejo, Évora, Torre de Coelheiros

Conjunto Arqueológico da Herdade das Murteiras

Torre de Coelheiros
Herdade das Murteiras

https://www.fea.pt/patrimonio-cultural/6246-conjunto-arqueologico

O Conjunto Arqueológico da Herdade das Murteiras integra, num espaço muito coerente, vestígios de povoados e de diferentes tipos de monumentos funerários, revelando uma interessante dinâmica de ocupação do espaço e de continuidade cultural, que abarca vários milénios.

A Herdade das Murteiras localiza-se num ambiente rural excecionalmente bem conservado, na fronteira entre duas realidades distintas que constituem uma síntese da paisagem regional.

Visita guiada

Visita Guiada
A Fundação Eugénio de Almeida associa-se às Jornadas Europeias da Arqueologia com a realização de uma visita ao Conjunto Arqueológico da Herdade das Murteiras.

Nesta visita, a arqueóloga Leonor Rocha (Universidade de Évora) e a química Cristina Dias (Universidade de Évora / Laboratório HERCULES) conduzem o visitante por alguns monumentos megalíticos que marcaram irreversivelmente a paisagem alentejana, mostrando como viviam as sociedades neolíticas.

Nota: A visita não inclui transporte. Os participantes deverão deslocar-se pelos seus próprios meios até à Herdade das Murteiras.

Ponto de encontro em Torre de Coelheiros, junto à bomba de combustível (coordenadas GPS: 38.410464º / -7.839297º).

Acesso grátis

Famílias, Adultos, Estudantes

Alentejo, Évora, Município de Estremoz

Museu Municipal de Estremoz

Largo Dom Dinis
7100-509 Estremoz

http://www.cm-estremoz.pt/pagina/turismo/museu-municipal-de-estremoz-prof-joaquim-vermelho

O Município de Estremoz irá assinalar este dia com uma visita guiada pelo centro histórico da cidade, com o objetivo de desvendar “marcas”, histórias, curiosidades… O que escondem as ombreiras das nossas povoações? Que histórias têm os monumentos para nos contar? Pedras que falam… “marcas” deixadas pelos nossos antepassados e que muitas vezes passam despercebidas e que iremos descobrir nesta visita.

Esta ação irá realizar-se no dia 18 de junho e destina-se à comunidade escolar, tendo como objetivo principal, dar a conhecer o património concelhio e sensibilizar os alunos para a importância da arqueologia, da preservação e valorização do património histórico e arqueológico.

Visita guiada

À descoberta de marcas do passado
O que escondem as ombreiras das nossas povoações? Que histórias têm os monumentos para nos contar?

Pedras que falam… “marcas” deixadas pelos nossos antepassados e que muitas vezes passam despercebidas e que iremos descobrir nesta visita.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 09:30 à 11:30

Estudantes

Estudantes

Primária, 2.º e 3.º ciclo, Secundário

Alentejo, Évora, Redondo

Enoteca de Redondo

Enoteca - Rua do Castelo
Redondo

Trata-se de uma exposição de fotografia sobre os trabalhos arqueológicos desenvolvidos no concelho com estudantes estrangeiros.

Exposição

Eles Andam aí!
No Verão, grupos de jovens, e por vezes menos jovens, do Mundo inteiro acorrem ao Redondo para participar em Programas de escavações arqueológicas no concelho. Da Serra d’Ossa a Santa Susana, muitas vezes em locais de difícil acesso, estes jovens participam na descoberta do Nosso Passado. Procuram igualmente uma experiência cultural que lhes dê a conhecer Portugal e o Alentejo, em especial no que temos de melhor: as gentes, a gastronomia, o vinho e as paisagens.
Esta exposição pretende dar a conhecer o trabalho que com eles o Município de Redondo tem vindo a desenvolver desde 2012.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 13:00 à 19:00

Todos os públicos

Alentejo, Portalegre, Monforte

Antigo Hospital da Misericórdia de Monforte

Rua Sérgio Rui Pedrosa Palma Madeira
7450-135 Monforte

Exposição virtual. Nela iremos trazer a público algumas das peças mais emblemáticas encontradas aquando a escavação arqueológica do antigo Hospital da Misericórdia de Monforte, edifício do séc. XVI.

Exposição

Exposição virtual dos materiais arqueológicos do Antigo Hospital da Misericórdia de Monforte
Nesta exposição virtual, que irá ser reproduzida em formato de PowerPoint, iremos trazer a público algumas das peças mais emblemáticas encontradas aquando a escavação arqueológica do antigo Hospital da Misericórdia de Monforte, edifício do séc. XVI.

Acesso grátis

Todos os públicos

Acessibilidade

Dificuldade motora/utilizador de cadeira de rodas

Alentejo, Portalegre, Avis

Entre pedras e pedrinhas | Circuito do Xisto

6320-069 Aldeia Velha

https://www.facebook.com/centrodearqueologiadeavis

O Centro de Arqueologia de Avis realiza, no próximo dia 20 de junho, uma visita ao conjunto megalítico dos Morenos, em Aldeia Velha.

A iniciativa pretende divulgar parte do Circuito do Xisto, a incluir no Roteiro Megalítico de Avis “Entre Pedras e Pedrinhas”.

Para esta visita, integrada no ciclo de caminhadas “Por trilhos do Mestre”, foi definido um itinerário que se desenvolve em paisagem protegida, inserida na Rede Natura 2000, potenciando assim outros valores patrimoniais e naturais desta zona do concelho.

Visita guiada

Entre pedras e pedrinhas | Circuito do Xisto
Dinamização do roteiro megalítico de Avis, com a realização de uma visita orientada ao conjunto megalítico dos Morenos, em Aldeia Velha.
As inscrições são limitadas e decorrem entre 31/05/2021 e até 18/06/2021.

Extensão: aproximadamente 8 km
Ponto de partida e chegada: Monte dos Borregos (39.087384, -8.047310)
Outros valores de interesse: Rede Natura 2000 – Sítio Cabeção, Ribeira de Santa Margarida, Albufeira de Montargil, património arqueológico, património construído e arquitectura religiosa
Recomendações: Aconselha-se o uso de vestuário e calçado adequado para caminhada

Para mais informações: arqueologia@cm-avis.pt.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 09:30 à 13:00

Todos os públicos

Alentejo, Portalegre, Avis

Mosteiro de São Bento de Avis

Pátio das Cisternas, 8
7480-121 Avis

https://www.facebook.com/centrodearqueologiadeavis

Erguido no século XIII, o Mosteiro de São Bento de Avis é o reflexo de vários séculos de vivências.

A reabilitação de algumas das fracções do conjunto viabilizou a realização de trabalhos arqueológicos de cariz preventivo.

Das acções realizadas destaca-se a intervenção, iniciada em 2012, e cujos resultados determinaram a implementação, desde 2014, de um programa de trabalhos arqueológicos, desenvolvido pelo Centro de Arqueologia de Avis, numa das fracções do mosteiro primitivo.

Exposição

Mosteiro de São Bento de Avis. Da intervenção preventiva ao programa de estudo e valorização
A exposição apresenta uma síntese dos trabalhos arqueológicos realizados pelo Centro de Arqueologia de Avis numa das fracções do mosteiro primitivo.

O circuito expositivo poderá ser complementado pela realização de visitas orientadas ao local de intervenção.

A exposição estará patente na biblioteca do Centro até 31 de agosto, de segunda a sexta, das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 16h30.

Para mais informações: arqueologia@cm-avis.pt.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 09:30 à 12:30 et de 14:00 à 16:30

Todos os públicos

Alentejo, Portalegre, Avis

Centro de Arqueologia de Avis

Pátio das Cisternas, 8
7480-121 Avis

https://www.facebook.com/centrodearqueologiadeavis

O Centro de Arqueologia de Avis, a funcionar desde 2011 numa fracção do conjunto monástico de São Bento de Avis, corresponde a um espaço científico e cultural que reúne as condições para o desenvolvimento da arqueologia à escala municipal.

Na sua actividade, o Centro mantem uma relação estreita com a comunidade, assegurada através da concretização de iniciativas diversificadas e orientadas para públicos distintos, que promovem a compreensão, a partilha e a participação.

Oficina

Avis a preto e branco
O Centro de Arqueologia de Avis lança, no dia 19 de junho, a II Mostra de Fotografia.

AVIS A PRETO E BRANCO pretende reforçar a ligação da comunidade ao património arqueológico local através da fotografia.

Tendo por base a participação directa do público, esta edição pretende explorar as potencialidades da fotografia a preto e branco para captar imagens e histórias em base fotográfica que terão como tema central o património arqueológico de Avis.

As condições para a participação serão divulgadas no dia 19 de junho. A recepção dos trabalhos decorrerá entre 19 de junho e 31 de julho.

As fotografias reunidas no decurso do evento serão exibidas em exposição em data a anunciar posteriormente.

Acesso grátis

Todos os públicos

Contenido digital

PATRIMÓNIO À MINHA PORTA?
Divulgação online dos trabalhos realizados pelos alunos do Agrupamento de Escolas de Avis no âmbito da iniciativa PATRIMÓNIO À MINHA PORTA?, integrada no programa educativo do Centro de Arqueologia de Avis.
A partir dos trabalhos realizados, será desenvolvido, entre os dias 22 e 29 de junho, um ciclo de conversas como alunos sobre património, memória, território e identidade.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de Sábado, 19 de junho de Sexta-feira, 18 de junho de

Todos os públicos

Estudantes

Primária, 2.º e 3.º ciclo

Alentejo, Setúbal, Grândola

Melides

Melides
7570 Grândola

cm-grandola.pt

Percurso pedestre e visita guiada às grutas de Melides, anta da Pedra Branca e necrópole de cistas das Casas Velhas.

Visita guiada

Três mil anos na Pré-História (4500 - 1500 a.C.)
Uma paisagem partilhada ao longo de milénios, uma viagem pelos rituais da morte e celebrações da vida das comunidades pré-históricas.

Este é o mote para um percurso pedestre orientado (12 Km) com visitas às grutas de Melides, anta da Pedra Branca e necrópole de cistas das Casas Velhas.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 09:30 à 13:00

Todos os públicos

Alentejo, Setúbal, Torrão

Torrão

Praça Bernardim Ribeiro, n.º1
7595-044, Torrão

www.visitorrao.pt

Serão realizadas várias atividades sempre no âmbito da arqueologia destinadas a várias faixas etárias.

Exposição

Exposição ao ar livre: “O Património Arqueológico do Torrão“
Exposição fotográfica sobre arqueologia na Praça Bernardim Ribeiro no Torrão.

Acesso grátis

Domingo, 20 de junho de 10:00 à 00:00 Sábado, 19 de junho de 10:00 à 00:00 Sexta-feira, 18 de junho de 10:00 à 00:00

Projeção

Cinema ao Ar Livre
Exibição na Sociedade 1.º de Janeiro Torranense do filme “A Grande Escavação“ (do ano de 2021).

Acesso grátis

Sábado, 19 de junho de 21:30 à 23:30

Todos os públicos

Conferência

Palestra: “O que é isto de ser arqueólogo?!“
Palestra destinada aos alunos do 9.º ano do Agrupamento de Escolas do Torrão, com oradores do Mestrado de Arqueologia e Ambiente da Universidade de Évora.

Acesso grátis

Sexta-feira, 18 de junho de 11:20 à 12:20

Estudantes

Estudantes

2.º e 3.º ciclo